22 agosto 2013

Without Luninha.

Desde que a minha rainha foi morar com o pai dela, obviamente muita coida mudou. O cheirinho de bebê foi embora, nunca mais fui acordada com puxões de cabelo, nunca mais eu esbarrei em brinquedos no chão, nunca mais precisei me preocupar em fazer mamadeiras nos horários certinhos, ou dar banhos, ou simplesmente poder pegar minha gordinha nos braços e cheira seu cabelinho liso e ralo caindo na sua testa.
A alegria de ter um bebezinho engatinhando pela casa acabou e deu lugar a um vazio completo na minha alma. Um buraco que nada podia tapar ou cobrir e tudo isso foi bastante difícil pra mim. Deus sabe quantas vezes chorei. Deus sabe quantas vezes eu já quis desistir de tudo isso e voltar atrás. Toda vez que nos vemos, eu olho em seus olhinhos inocentes e me pergunto se tenho feito a coisa certa. Se mais na frente ela irá entender o que eu precisei fazer e que tal feito, foi pensando no melhor pra nós duas, nosso futuro e no relacionamento dela com o pai dela. Tenho medo. Medo de ser rejeitada, medo de ser esquecida, medo de ser substituída por uma pessoa qualquer.
Pessoas do Brasil inteiro tem me confortado, tem me dado palavras amigas, gente que ja passou por essa situaçao sendo em meu lugar ou no lugar da Lulu e me disseram que no final tudo vai dar certo... E talvez seja verdade. Tudo vai dar certo, seja do meu jeito ou não. A dor não tem fim, a dor não acaba e o vazio tem se feito presente em meu ser. Nada e nem ninguém irá cobrir a falta que a minha filha faz. Nenhum cheirinho se compara ao cheirinho dela, a sua voz doce e meiga, seu sorriso, seus dentes, seus passos cambaleantes pela casa inteira.
Oh céus, como faz falta! Tenho aproveitado esse tempo de maneira 100% produtiva. Trabalhando MUITO. Trabalhando penosa e arduamente pra pelo menos tentar reverter minha antiga situação, e em pouco tempo já tenho visto resultados positivos. Tive que (infelizmente) adiar a faculdade pro ano que vem, pelo fato de não conseguir conciliar tempo na minha vida. Tenho me entregado de modo completo a servir na minha igreja, voltei a cantar, a dançar e hoje me vejo tão apaixonada pelo meu Jesus de um modo que nunca me senti antes. Isso tem renovado minhas forças, minhas esperanças e meu modo de ver as coisas que já se passaram durante esse tempo todo em que minha vida começou a mudar.
Tomei muuuuitas atitudes precipitadas, falei muita besteira. Fiz muita cagada... E hoje eu enxergo que apesar de tudo, bao existem vítimas e nem culpados. Eu, Emily, Marcos Paulo, minha ex sogra, meus pais, avós etc... Todos nós temos uma parcela de culpa e todos nós somos vítimas. Muita coisa aconteceu e todos nós pagamos de algum modo. Demorou, mas graças a Deus eu me livrei da dor e da amargura. Me desculpei com todos e em breve estarei marcando uma reunião formal pra me desculpar pessoalmente de todos da familia paterna da Luna. Ninguem me obrigou a isso, mas eu quero construir uma relaçao saudável com os que estao em volta da minha filha.
Estou livre da culpa, livre da mágoa. E me sinto tão bem assim! Me sinto feliz e leve. Me sinto até mais bonita hahahahaha
Acho que finalmente consegui virar a página e fechar o livro. É hora de começar uma nova etapa na minha vida. E sabe? Eu estou radiante e completamente confiante!
Seja o que Deus quiser...

"Não haverá borboletas se a vida não passar por longas e silenciosas metamorfoses."

21 comentários:

  1. Isso Mesmo Pode Ter Certeza Que Deus Nunca Da Uma Pedra Tão Grade Que Não Possamos Carrega-la Tenha Fé E Tudo Se Voltará A Seu Favor E Vc Sera Feliz Como Smp..:)

    ResponderExcluir
  2. Forças Quel. Fico feliz em saber que tudo está começando a dar certo na sua vida, estou aqui na torcida.

    ResponderExcluir
  3. Ana parabéns pela atitude

    ResponderExcluir
  4. Seu blog é muito bom,mas ñ consigo entender pq está sem sua filha?
    Só um conselho Kell, minha mãe me entregou para o meu pai me criar quando eu tinha 1 ano,nunca perdoei e nunca vou perdoar o q ela fez.
    Uma criança precisa de amor,não apenas em palavras,precisa de uma mãe que participe ativamente de sua vida,chegará momentos em q sua filha se perguntara pq minha mãe não esta aqui? sera q ela não gosta mais de mim?
    Não sei se é o seu caso,mas como já disse: É só um conselho!

    ResponderExcluir
  5. Princesa, flor ...
    sei que é muito fácil as pessoas virem de fora e expor a sua opnião sobre a vida dos outros.
    Mas o que posso te dizer é que estou orando por você.
    Para que Deus possa fazer o que for melhor para vcs duas. Eu imagino o quanto deva doer, porque eu mesma não me imagino longe da Alice... nam Deus me livre!
    Amo vcs.
    Fico feliz que tenha conseguido recomeçar e liberando perdão!
    beijos

    ResponderExcluir
  6. Deixa Deus trabalhar, amiga... vai dar tudo certo! te amamos!

    ResponderExcluir
  7. Parabéns ! Mas é raro você ver a lulu ou nao?

    ResponderExcluir
  8. Keel adorei o post viu, mostra q Deus está de dando força e te mostrando o q certo se fazer.Tenha certeza q lá na frente td irá se acertar e a Luninha terá mt orgulho dessa mamãe !!!

    ResponderExcluir
  9. Você ainda é jovem, muito jovem e se esforçar para conseguir os seus objetivos você vai longe, torço de coração por ti! beijos!!

    ResponderExcluir
  10. Acho lindo e viável ter uma relação boa com o pai da sua filha e a família dele.. Porém, como qualquer fã e pessoa que ama seus textos, e você e sua filha..Não entendo por que vocês longe. Você acha que ela não sente sua falta? DUVIDO ELA NÃO TE REJEITAR, E NO FINAL DE TUDO ISSO.. VOCÊ TERÁ DINHEIRO, VIDA ESTABILIZADA, MAS O AMOR DA LUNITA, QUEM TERÁ é A EMYLI. Quase mãe, dela! Quando a gente quer, conseguimos um jeito pra tudo! Amo vocês.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O tempo mostrou que pra Deus nada é impossível. E quem veio aqui julgar a decisão dela, já tá sabendo que quem vai ter o amor da filha dela, é ela e o pai. a Emily já era. =x

      Excluir
    2. É muito fácil vir julgar em anônimo, mas pra Deus o impossível da Ana, tornou0se possível. Porque precisamos abrir mão algumas vezes pra poder receber as bençãos que Deus tem pra nós, e isso a Ana fez. E ela é quem ai receber o amor da filha dela, porque quem acompanha sabe. Bjs.

      Excluir
  11. kell força, fé e foco sempre ... adoro teu blog to seguindo segue de volta?
    http://crisedos18anos.blogspot.com.br/
    você é linda e pode tudo!

    ResponderExcluir
  12. Deus está contigo Kel! Seja forte, acredito que logo mais você vai perceber que valeu a pena, e a Luna vai entender e vai se sentir orgulhosa por você ter se tornado essa pessoa forte, que Jesus a cada dia te ensine mais e mais. :)

    ResponderExcluir
  13. Dará tudo certo. Deus tem visto as tuas lutas. Estou feliz porque você está se erguendo e fazendo que tudo fica numa boa com a família paterna da Luna. Vou sempre estar orando por vocês!

    ResponderExcluir
  14. Nossa, eu tenho uma filha que fará 2 meses dia 28 e sei como está doendo em você apesar de minha filha morar comigo, não me imagino longe dela. Eu e o pai dela vivemos em constante discussões e sei que uma hora isso vai acabar e que cada um vai para seu lado, viver sua vida infelizmente, mas sei que é o que vai acabar acontecendo. Desde que minha filha nasceu minha fé se renovou, eu comecei a ver que Deus realmente existe e que sempre estará comigo, que nunca me abandonará. Ana eu leio sua história desde que a luninha nasceu e na minha gravidez eu passei por dificuldades como você apesar de estar com o pai da minha filha, nós viviamos discutindo e eu sempre vinha ler sua história de novo, porque apesar de TUDO você era forte. Posso imaginar que boa parte do seu sofrimento você não expôs mas sempre que lia eu podia o imaginar. Hoje vejo que você é forte, determinada, corajosa e acima de tudo humilde só de pensar em pedir desculpas para alguém que (sem intenção) te fez muito mal. Sou sua fã, realmente sua fã, você foi como uma inspiração pra mim. PARABÉNS pela belíssima história de vida!

    Ana Julia

    ResponderExcluir
  15. primeiramente parabéns pelo blog, em 3 dias li toda sua história e pude imaginar a menina virando a mãezona da princesa Luna. Problemas e dificuldades todos passamos sejamos jovens ou velhos, e certeza ninguém tem 100% de tudo, então você como mãe tomou a decisão que foi melhor pra sua filha, e quem melhor que a mãe para decidir o que é melhor para um filho?!?!?!? Fique tranquila, tenha fé e siga seu coração, pode ter certeza que a Luna sente como você a ama e saberá entender um dia que o que foi feito foi para o bem de todos e principalmente dela. Tenha fé em Deus que rapidinho você poderá ter sua filhota novamente com você e toda felicidade do mundo. Fica com Deus, abs.

    ResponderExcluir
  16. vc ta mais do que certa, nao tenha duvidas!!!


    bjs
    http://blogvidinhaminha.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Minha avó já dizia: "Se não for dizer algo bom, é melhor não dizer nada."