23 agosto 2013

O caminho de volta pro amor


Se eu fosse contar quantas pessoas no meu círculo de amigos estão em busca de um amor, eu perderia as contas várias vezes antes de chegar a um resultado. Eu estou com 19 anos agora e meus amigos estão na mesma faixa de idade. Talvez esse seja aquele momento em que as pessoas passam a pensar em família, futuro, casamento e tudo mais... Tudo isso nasceu em mim muito cedo. Aos 17 anos, por conta de uma desilusão amorosa, que deu um frutinho maravilhoso, lembram-se? E desde então, eu comecei a "busca" pelo amor. E no caminho eu encontrei vários "amorezinhos", se é que assim posso chamar. Várias paixonites e nenhuma delas conseguiu suprir as necessidades do meu coração. Cheguei na fase de rejeitar as coisas menores que um grande amor. E se vcs querem saber, não se encontra um grande amor na esquina ou na taberna da esquina! Hahaha (infelizmente). Eu costumava dizer pras minhas amigas que eu já passei por tanta coisa sentimental, que quando o meu ~grande amor~ chegasse, eu saberia de cara! Mas a única coisa que eu soube, é que você NUNCA vai estar pronto pra receber o amor. Ele não avisa, nao manda cartinha de aviso prévio. Ele simplesmente chega e te toma de jeito! Ele te transforma de um modo maravilhoso e único. É a sensação mais maravilhosa que um ser humano pode experimentar. 


Fico indignada quando vejo adolescentes falando mal do amor, como se fosse a pessoa mais indicada a falar sobre isso kkkkk. Pessoas da minha idade precisam aprender que não se pode confundir o maior sentimento do mundo com uma paixãozinha qualquer que você irá esquecer daqui duas semanas.
Sou uma das poucas pessoas que ainda acreditam no amor. E eu acredito meeeeesmo! Apesar de todas as coisas que eu já (sobre)vivi, eu acredito que ainda vou casar com um príncipe, num vestido branco, divino e enorme. E eu me sinto confiante assim... O amor vai chegar. No tempo certo, na hora certa e com a pessoa certa!!! Estou esperando. Esperando em Deus. Se tenho alguém em mente? COM CERTEZA! kkkkkkkkkkkkk
E na torcida pro meu "amorzinho" crescer e se tornar algo sem dimensões. Sem pressa, sem pressão. Afinal, se todo mundo tem um par, eu estou a procura do meu. A procura do meu partner, da metade da minha laranja, da tampa da minha panela, e passo por passo, encontrar o caminho de volta pro amor...
E se não for ele?? Paciência... A vida continua.

Beijos de borboleta, 
- Kell Catturandi.

9 comentários:

  1. Deus tem o melhor pra ti.E o que perdido foi não se compara com o que há de vir!

    ResponderExcluir
  2. Oi ana, não esta mais namorando? :( que pena...

    ResponderExcluir
  3. q deus abençoi vc e sua linda filha vc merece encontrar um grande amor fico inprecionada com tanta coisa q acontece com vc mas vc sempre esta la com um sorriso no rosto mas n se preucupe td vai melhorar beijossss

    ResponderExcluir
  4. Realmente a busca pelo amor,pela nossa metade ela é difícil...
    Eu acredito que o amor não tem idade,porque sou prova viva disso...comecei a namorar meu marido com 12 anos....vamos fazer 7 anos juntos e 3 meses de casados...
    Não é fácil achar,como vc disse não se encontra em qualquer esquina...não o amor de verdade...
    O bom é que ele acontece sem aviso...quando você para de procurar ou se distrai um pouco acontece...
    Amar é muito bom!

    ResponderExcluir
  5. Menina vc tem tudo pra ser feliz e realizar esse seu sonho...sou bem mais velha q vc e colecionáveis decepções amorosas, mas vc ainda é nova e agora com uma responsabilidade enorme que é sua pequena q é muito linda e fofa...torço mt por vc e pelo seu partner...rsrs. Nós que resolvemos engravidar e não temos o pai da criança próximo somos muito especiais, me sinto especial e Deus me capacitou e nos capacita pra essa missão. Mas merecemos sim viver esse "Grande Amor" e construir uma bela família. Te desejo muita sorte assim como desejo pra Ludmila (Fiota), e pra todas as outras mamães solteiras que têm esse mesmo desejo. Torço por vc Garota vc merece. Bjsss

    ResponderExcluir
  6. Olá Ana Raquel, Acompanho sua história á algum tempo e ela é muito emocionante viu (chorei pencas de bananas rsrs)! não é todo mundo que tem a força e a coragem de passar pelo o que você passou e de cabeça erguida, fiquei muito triste quando em um poster você disse que teve que deixar a Princesa Luna com o PAI dela, mais é assim mesmo!!
    E pode esperar que o amor um dia vai chagar para você, pode passar o tempo que for ele irá chagar, afinal gente como nós precisamos de um amor (de carinho, atenção, paparicação e muito dengo rsrs)

    Beijos e Fica com Deus.

    http://eumprazermeconhecer.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Ana Rachel, não sei se já viu esse video, mais lembrei da sua história.
    Espero que goste:
    http://www.youtube.com/watch?v=IcrbM1l_BoI

    Boa sorte com a busca pela faculdade! É tudo de bom que falam e mais um pouco!^^ Bjuh**

    ResponderExcluir
  8. eu tb acredito no verdadeiro amor. é maior que tudo que ja sentimos.

    bjs
    http://blogvidinhaminha.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Minha avó já dizia: "Se não for dizer algo bom, é melhor não dizer nada."